Atenção! Este website utiliza cookies e/ou tecnologias similares.

Se continua a utilizar o nosso website, está de acordo com esta política.

Compreendi

Na urgente missão de salvar o planeta e de ajudar a preservar o equilíbrio dos ecossistemas, numa cruzada intergeracional e solidária pela vida que não pode dar trégua, todos os gestos contam, todos os instantes são decisivos.

Por isso, na manhã de ontem, duas biólogas e 30 estudantes de Design da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira arregaçaram as mangas e fizeram uma implacável caça ao lixo na praia Formosa.

Esta nova ação de limpeza somou 153 quilos de detritos capturados (Latas 1kg; Plásticos 10 kg; Madeiras 25 kg; Papéis 5 kg; Borrachas 2 kg e Metais 110 kg) que, com engenho, servirão como matérias-primas para um exercício criativo inspirado no livro do artista-designer italiano Bruno Munari, “O Mar como Artesão'.

... Sim, porque definitivamente, das coisas nascem coisas…

Parabéns pela iniciativa!

O ambiente, o futuro e a FMF agradecem