Atenção! Este website utiliza cookies e/ou tecnologias similares.

Se continua a utilizar o nosso website, está de acordo com esta política.

Compreendi

Notícias

Na urgente missão de salvar o planeta e de ajudar a preservar o equilíbrio dos ecossistemas, numa cruzada intergeracional e solidária pela vida que não pode dar trégua, todos os gestos contam, todos os instantes são decisivos.

Por isso, na manhã de ontem, duas biólogas e 30 estudantes de Design da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira arregaçaram as mangas e fizeram uma implacável caça ao lixo na praia Formosa.

Esta nova ação de limpeza somou 153 quilos de detritos capturados (Latas 1kg; Plásticos 10 kg; Madeiras 25 kg; Papéis 5 kg; Borrachas 2 kg e Metais 110 kg) que, com engenho, servirão como matérias-primas para um exercício criativo inspirado no livro do artista-designer italiano Bruno Munari, “O Mar como Artesão'.

... Sim, porque definitivamente, das coisas nascem coisas…

Parabéns pela iniciativa!

O ambiente, o futuro e a FMF agradecem

 

       

 

      

 

    

 

 

 

 

Mais de três dezenas de jovens alunos da Escola Secundária Jaime Moniz participaram, esta quarta-feira 24 de novembro, numa ação de limpeza na praia Formosa.
A iniciativa, inserida na Semana Europeia de Prevenção de Resíduos que decorre até domingo 28, permitiu recolher detritos diversos achados no extenso calhau da praia pública mais popular e conhecida da capital madeirense. Nesta ação de limpeza da praia Formosa foi feita a recolha de
1423 beatas
5 máscaras
74,3 kg de lixo indiferenciado
De referir que a campanha conhecida pela sua sigla em inglês EWWR (European Week for Waste Reduction) engloba ações focadas essencialmente na promoção dos 3R’s principais
REDUÇÃO do consumo
REUTILIZAÇÃO de produtos e materiais
RECICLAGEM de resíduos
Para a EWWR são igualmente elegíveis limpezas como a realizada na praia Formosa, visando sensibilizar a comunidade sobre a problemática do lixo abandonado.
A todos os participantes e coordenadores desta ação um grande bem-haja. 
O ambiente, o planeta e a Frente MarFunchal agradecem!
#sejapelavida
#amaromar
#praialimpaesegura
#salvaroplaneta
 
 
 

A Frente MarFunchal  foi agraciada com o segundo lugar do Prémio de Boas Práticas Ambientais 2019, atribuído pela Associação da Bandeira Azul (ABAE) em reconhecimento ao trabalho desenvolvido por esta empresa municipal, no âmbito dos Centros Azuis, nas praias da cidade do Funchal.

A prática ambiental premiada foi a peça de teatro “A Menina do Mar num Mar de Plástico”, inspirada na obra “A Menina do Mar”, de Sophia de Mello Breyner Andresen, uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX que este ano comemora o centenário do seu nascimento a 6 de novembro de 1919, na cidade do Porto.

A peça escrita por Roberto Merino, dirigida e encenada pelo nosso técnico de educação ambiental Hugo Andrade e que contou no seu elenco com 12 crianças e jovens, visou alertar os seus mais de 1000 espetadores para os malefícios da poluição dos oceanos por via da ação humana, nomeadamente pela proliferação de plásticos e lixos domésticos nocivos para o ecossistema marinho.

Os prémios de Boas Práticas Ambientais da ABAE para o ano em curso serão entregues já esta sexta-feira, dia 15, durante o Seminário Bandeira Azul 2019, a ter lugar no Parque Biológico de Gaia.

 

A Identidade Visual da Praia do Gorgulho nasceu em comunhão com a marca mãe "Frente MarFunchal".

Inspirado na paisagem que se avista desde a praia, o logótipo inclui o emblemático Ilhéu do Gorgulho, um elemento representado mediante um grafismo simples e equilibrado, em tons de azul, predominantemente frios.

A letra empregue no logo, assumidamente informal, exprime o ambiente desta praia pública: um espaço digno, prático e sóbrio onde pode desfrutar-se de um bom mergulho.

 

A Identidade Visual da Praia de São nasceu em comunhão com a marca mãe "Frente MarFunchal".

Facilmente reconhecível pelo uso das janelas arquitetónicas caraterísticas do Forte de São Tiago, o logo da praia popular com o mesmo nome inclui também a linha de água e o elemento sol.

A dimensão da história que representa está presente no tipo de letra selecionado, com fontes mais formais e em maiúsculas.

Em termos cromáticos, recorreu-se aos tons ocres do próprio Forte e do Sol, acrescidos do tom azul ultramarino no elemento da linha de água.

 

A Identidade Visual do Complexo Balnear do Lido Poente nasceu em comunhão com a marca mãe "Frente MarFunchal".

Centrada no emblemático Fortim do Lido, a logomarca do Complexo Balnear do Lido Poente inclui este elemento arquitetónico e histórico na identidade visual desta praia, representada através de um grafismo simples, equilibrado, com o Sol por detrás, num registo de cenário de entardecer.

As tonalidades eleitas para o Lido Poente são quentes, mantendo porém a frescura dos azuis.

Cuidadosamente escolhido, o tipo de letra evoca o ambiente despretensioso deste complexo balnear público, aliando sobriedade à simplicidade.

 

A Identidade Visual do Complexo Balnear Poças do Gomes nasceu em comunhão com a marca mãe "Frente MarFunchal".

Uma das pontes que une as rochas que formam as piscinas naturais são o detalhe arquitetónico em destaque na logo-marca da praia também conhecida popularmente como Doca do Cavacas.

Acresce ainda um grafismo minimal da escadaria e também o sol como fundo.

As escolhas cromáticas voltam a incidir na frescura dos tons azuis, presentes na marca mãe, e no calor do amarelo representativo do sol.

 

A aposta para a Identidade Visual do mítico Complexo Balnear do Lido, que nasceu também em comunhão com o logo institucional da chancela "Frente MarFunchal, foi o revivalismo de uma marca que durou décadas.

Nesta renovação da marca anterior sintetizam-se cores e grafismo, acrescentando dois elementos novos, a saber: a forma circular amarela indicativa do Sol e a assinatura “complexo balnear”.

Como denominador comum mantém-se a linha ondulada, que unifica todas as marcas das praias sob alçada da FMF.

Destaque para o pormenor da representação da localização ‘sui generis’ do complexo balnear do Lido, edificado sobre a linha do horizonte atlântico.